14
08/13

Quando a gente está acostumado a gastar menos de US$ 50, ser taxado é bem difícil e quase sempre um processo simples: receber um comunicado, ir até uma agência dos Correios, pagar uma taxa e fim. Mas e quando isso acontece antes?

Recentemente fiz uma compra “grande”  na ASOS, imaginando que possivelmente seria taxado. Dois dias depois recebo uma ligação bem cedo de um número gringo (não atendi pois era muito cedo e estava dormindo) e posteriormente um e-mail da SkyNet. A mensagem dizia que minhas compras estavam prontas para serem despachadas do Reino Unido para o Brasil, mas que para isso eu precisaria pagar os impostos antecipadamente, caso contrário a encomenda seria devolvida para a loja. Eu, sem entender muito bem, acabei pagando as taxas via PayPal (fiquei com um pouco de medo de passar os dados do meu cartão no corpo do e-mail).

Depois de ter desembolsado o valor das taxas, notei que o preço era praticamente o mesmo que gastei na ASOS. Pedi uma descrição de cada taxa e vi que no total chegava a 98%! Mandei e-mail pra ASOS também, que falou que não podiam fazer nada, pois cada país tem uma política de taxação e a SkyNet cuida disso pra eles. Até tentei pedir o estorno, mas a dor de cabeça que eu teria com a SkyNet e a ASOS seria bem grande e eu só veria o dinheiro meses depois. Optei por prosseguir pagando a taxa abusiva.

Para a minha alegria, em uma semana as minhas compras já estavam em casa! Geralmente, em vias normais, a espera pode passar de um mês, logo a surpresa foi ótima. Por fim, vendo a qualidade das roupas e acessórios (sempre compro lá, mas muitas vezes não dá pra ter ideia do material e tamanho), acredito que fiz um bom negócio.

Acredito que mesmo sendo taxado, para mim a compra valeu a pena pela agilidade e pelos produtos que não encontro por aqui. Pra quem pensa em fazer uma compra grande na ASOS, acho que é bom avaliar se não existe opção da mesma peça no Brasil ou se mesmo com as taxas a compra ainda sai em conta.

Um dos motivos da taxação ter valido (risos) <3

 

E vocês, já tiveram alguma experiência ruim com compras em sites internacionais?


22 comentários



  • Lucas

    http://www.istoe.com.br/reportagens/232911_COMPRAR+DO+EXTERIOR+PELA+INTERttodas as vezes que comprei e fui taxado foi em 60%. Esse deveria ser o percentual normal, não?

    • brunoernica

      Então, foi por isso que fiquei bravo. Eles fazem uma conta meio louca, considerando o valor das taxas brasileiras e outros pequenos impostos (que no final eu imagino que seja o lucro deles). Se a compra for muito boa, vale pagar as taxas!

  • Ivan e seus amigos 

    Serviços como a Fedex, DHL, UPS e TNT cobram os impostos antes do produto sair do país de origem para agilizar o trânsito da encomenda: tudo vem declarado. Por isso você recebe entre 3 e 6 dias. [já comprei coisa que chegou em 3 vindo de Hong-Kong!] O imposto varia no tipo de produto comprado: se for eletrônico ou vestimenta, 60%, obra de arte 80%. Esse percentual é gerado através do valor do produto mais o frete.

    Em compras básicas com Royal Mail, USPS ou outro serviço dos correios de outro país, o produto vem com a declaração de valor, mas cai na roleta da Receita, que pode deixar passar ou não. As mesmas taxas são aplicadas.

    Quanto ao menos de 50 dólares, só é válido se for descrito como PRESENTE. Já tive encomendas de 30 dólares [produto mais frete] taxadas pela receita.

    Deixando o blablablá de lado, ficou bem na foto :)

    • brunoernica

      Fedex eu até sabia, mas não sabia que a ASOS tinha parceria com um serviço do gênero. É bom saber que ao ser taxado dependendo do tipo de produto, porque aí dá pra avaliar o que realmente vale a pena! Também já tive compras taxadas sendo que gastei menos de US$ 50. :(
      Obrigado pelas dicas, Ivan! (e pelo elogio, rs)

      • Gabriel

        Essa regra dos US$ 50 só é válida para encomendas enviadas e recebidas por pessoas físicas. Em relação a compras feitas no exterior, a taxação na Receita Federal não tem padrões, eles taxam ou liberam o que quiserem. Mas o que sempre notei é que pacotes grandes são taxados com maior frequencia. Ahh, gostei do blog :)

        • brunoernica

          Sim, mas as pessoas ainda conseguem comprar nessa “regra” dos US$ 50. E se for de pessoa física para pessoa física, dificilmente se é taxado. Por isso existem sites que fazem entregas como pessoa física. Obrigado pelo elogio ao blog! ;)

    • carol

      a questão é a seguinte eu compro na asos faz dois anos….nunca fui taxada nem depois mto menos antes….todos valores menores que 30 euros…uma vez comprei na loja free people, um produto no valor de 17 dolars, excluisivamente aquele dia era frete gratis qdo chegou no brasil, fui taxadaa…eh claro que eh algo sobre a empresa…mas agora a asos cobra taxa antes, coisa que nunca fez! intão não se trata mais de taxa de alfandega…na entrega do produutoo…

  • Victor Magal

    Espero que eu não seja taxado. Fiz três compras, as três separadas e nenhuma ultrapassa £20, se eu for taxado vou pedir retorno =( Não vai valer a pena pagar porque eu vou morar no UK em fevereiro

    • brunoernica

      Olha, são valores pequenos, mas fiz uma compra lá tem um mês, deu menos de US$ 50 e só chegou agora porque fui taxado. Nos Correios alegaram que estavam taxando todo mundo. :( Espero que você dê mais sorte!

      • Victor Magal

        Sim, tomara que eu dê sorte. Menos mal vai ser porque eu vou poder comprar em dois meses, mas queria logo hahaha

  • Wesley

    Brasil um país de merda, simplesmente isso, também fui taxado, e a compra não chega nem perto de 50 dolares, detalhe que um amigo meu comprou algo por 12 dolares e também foi taxado, claro ne gente, temos que fazer o natal dos nosso politicos ne, foda isso. acho que qualquer compra agora será taxada, sem escapatoria, pena que no Brasil não tem nenhuma loja de roupa que presta, nem online nem física.

    • Jean-Pierre Léaud

      No caso da Asos, o problema nem é o Brasil. É da empresa de correios que pede o valor sem nem mesmo saber se o produto será taxado. E isso está ocorrendo independentemente do preço da mercadoria. Absurdo!

  • Tainá Castro

    Fiz uma compra na Asos recentemente e aconteceu o mesmo comigo, embora essa não tenha sido a minha primeira compra e da primeira vez que comprei o produto chegou à minha casa sem pedido de taxa algum. Enfim, recebi o email também, só que da wnDirect, pedindo para pagar a taxa, também alta. Paguei e, para minha surpresa, recebi um e-mail dizendo que o pagamento não tinha sido feito e que o produto vai voltar pra loja, estou agora sem ação do que devo fazer. Alguma sugestão?

    • brunoernica

      Acredito que a wnDirect seja uma administradora de entregar tipo a SkyNet. Se você pagou e não recebeu, mande email pra Asos e pra wnDirect. A Asos é sempre solicita nesses tipos de caso.

    • James Tomor

      Pois é. Nas vezes em que era taxado antes de chegar no Brasil, sempre era a SkyNet quem fazia o serviço, mas parece que no último mês é a wnDirect quem está com o trabalho. Diferente da SkyNet, nessa nova transportadora TUDO é taxado antes de ser enviado para cá. Antes apenas as compras acima de 40 50 dólares em média eram taxadas lá. Essa semana fiz um teste, numa compra coloquei uma peça de uns 8 euros, noutra compra um de 9 euros, outra com 21 euros e outra com 65 euros. Em todas eu recebi o email da wnDirect pedindo que fizesse o pagamento do imposto para poderem enviar, menos na compra de 65 euros. Como a Tainá disse, a taxa foi alta, creio que 100% do valor do produto, pois eles não especificam o cálculo. Se for taxado lá, no Brasil não é taxado novamente, isto é certo.
      Segundo o pessoal do Custumer Care da Asos, apenas as compras acima de 50 euros continuarão a ser enviadas pela SkyNet. Todas as outras são encaminhadas pela wnDirect. Ou seja, se fizer uma compra de valor baixo a wnDirect te cobra imposto, se fizer um pouco mais caro os correios te cobram imposto quando chegar aqui.

      Existe uma campanha na internet pedindo que os consumidores da Asos da América do Sul enviem mensagens no Custumer Care pedindo que a SkyNet retorne a enviar os produtos para cá, no Sul da América. Creio que não custa enviar, ficar parado é o que não vai mudar nada. Gosto muito da Asos, mas agora vou ter que parar de comprar toda semana. Já basta o dolar em alta e além disso ter que pagar em dobro por tudo… é demais.

      • Mariana

        Na minha primeira experiência fia uma compra acima de U$50, recebi pela skynet e fui taxada. Acho que essa lógica não se aplica, ou enfim, eu que não entendo isso muito bem. Dessa primeira vez chegou bem rápido, talvez por isso fui taxada, será? Só sei que não pretendo comprar deles denovo, a menos que o produto valha a pena pagar os impostos.

  • Bibi

    sinceramente? isso não me parece certo uma vez que nossa legislação não prevê pagamento antecipado. O que acham de boicoitarmos a asos e enviearmos e-mails informando o que realmente existe na nossa legislação?

  • Priscila

    Gente, acabei de fechar meu carrinho de compras lá… O valor é um pouco alto, cerca de 250 dólares, e apareceu a seguinte mensagem:

    CUSTOMS & DUTY FEES

    Ordens para o Brasil estao sujeitas a impostos locais de aproximadamente 100% a serem pagas pelo destinatário ao nosso representante wnDirect. Nosso agente wnDirectirá contactá-lo previamente ao embarque para confirmar seu CPF e método de pagamento.

    Please note you will be required to pay customs fees on your order, at around 100% of the value of the order. Our agent (wnDirect) will contact you to take payment of these fees prior to the despatch of your parcel from the UK.

    Assim, não sei mais se vou comprar… São bons produtos, mas nada justifica um aumento de 100% no valor como “taxas e impostos”. Nós sabemos muito bem que não é isso que é taxado na nossa alfândega. Além do mais, se eu vou pagar taxas e impostos que seja então, mesmo, para o meu país. Não faz sentido ser taxado lá (UK). Ainda não sei bem o que fazer… :/

  • Jean-Pierre Léaud

    É realmente uma pena! Também sou louco pela asos, compro na loja há 2 anos e senti na pele essa mesma ingrata novidade. Recusei o pagamento de impostos, não vou pagar 2x pelo mesmo produto. É como se tivéssemos que pagar um frete bem caro. E eu nunca fui taxado por compras menores que 50 dólares, quando o envio era feito pela skynet.

    Se todos enviarmos e-mail reclamando e pararmos de comprar, eles irão voltar atrás, não tenho dúvidas, é questão de tempo. Espero que todos colaborem nessa corrente para podermos voltar a comprar na asos!
    Abs!

    PS: quem está faturando com tudo isso é a WN DIRECT LTD, que coloca no bolso o valor dos produtos que, no Brasil, não foram taxados. Em outras palavras: assalto à mão armada.

  • Jean-Pierre Léaud

    Pessoal, além do twitter, vocês podem reclamar dessa mudança na asos através desse e-mail: care@asos.com

    • monicsrsl..xyz

      Já mandei um escrachando, inclusive dizendo que eu e muita gente que passou por isso nao comparemos lá nunca mais. Eu simplesmente tive que pagar mais de 100% do preço da mercadoria, sendo que em nenhum momento quando eu tava pagando essa informação apareceu. ABSURDO, tô P…!

  • Rafael

    Passei pela mesma situação, pra piorar a taxa é mais cara que o total da compra! Coisas do Brasil sil !


© 2013 brunoernica.com                                                    Ilustração por Zé Mário.                                             Programação por Bárbara.